GDF diz não ter verba para financiar pré-carnaval

Secretaria de Cultura admite preocupação por ainda não ter o dinheiro necessário para financiar eventos no período de 19 de janeiro a 9 de fevereiro. Verba do carnaval, no entanto, está garantida

normalmente associada à festa e diversão, a palavra carnaval virou sinônimo de preocupação para os organizadores de blocos em Brasília. Em uma reunião convocada pela Secretaria de Cultura para tirar dúvidas sobre a folia, realizada na tarde desta terça-feira (9/1), na Biblioteca Nacional de Brasília, a pasta admitiu preocupação com o pré-carnaval brasiliense — de 19 de janeiro a 9 de fevereiro —, uma vez que ainda não teria recursos para financiar eventos no período.

Um possível solução para o impasse seria a utilização de um montante que teria sobrado de uma ata para a Corrida de Reis. Nos próximos dois dias, a Secretaria de Cultura deve participar de outras reuniões e, só então, terá uma definição sobre o pré-carnaval. Por enquanto, a orientação para quem deseja sair nos dias antes da folia momesca é buscar patrocínios na iniciativa privada ou adiar a festa para o período do carnaval.
O GDF já havia anunciado a liberação de R$ 5 milhões. Deste montante, a maior parte — R$ 3,5 milhões — será destinada à estrutura dos blocos. Outro R$ 1 milhão será dividido entre 19 Regiões Administrativas, mais as escolas de samba que forem contempladas em um edital para realizarem festas (vale lembrar que neste ano, mais uma vez, não haverá desfile). A parte artística dos blocos receberá aproximadamente R$ 500 mil, valor considerado baixo pelas entidades. Está previsto ainda o lançamento de um edital de chamamento público — orçado em R$ 525 mil — destinado à contratação de artistas locais para os carnavais das RAs.

 

Compartilhe esta noticias em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *